Postagens

O papel das mulheres na resolução de conflitos

1 0 810950Genebra (RV) – Paz e justiça não são possíveis sem o envolvimento e a participação das mulheres: é o que destaca um congresso realizado nos dias passados no Instituto Ecumênico de Bossey, na Suíça, promovido pelo movimento “Mulher na Igreja e Sociedade” do Conselho Mundial de Igrejas (CMI).

Do evento participaram 25 mulheres provenientes do Canadá, Estados Unidos, Coreia do Sul, Camarões, Irlanda, Escócia e Palestina, cada uma vítima de abusos e especialistas nos conflitos de seu próprio país.

Segundo o CMI, é necessário um maior envolvimento das mulheres nas resoluções dos conflitos, nas negociações e na construção da paz nos países em guerra.

Já a importância da participação e do engajamento das mulheres na luta contra a AIDS esteve no centro de outro congresso do CMI, realizado em Nairóbi, no Quênia.

“As mulheres que desempenham um papel de liderança nas Igrejas devem acompanhar as pessoas afetadas pelo HIV. Devem mobilizar as comunidades e sensibilizá-las. Nas nossas Igrejas, precisamos das mulheres para alcançar as famílias, os governos e as ONgs e fazer com que a AIDS não seja mais uma ameaça”, declarou Rose Wafula, responsável no Ministério da Saúde do Quênia pela seção de prevenção de transmissão do vírus de mãe para filho.


Fonte: Rádio Vaticana