Notícias

Patriarca Maronita renova apelo à comunidade internacional pelas minorias iraquianas

1 0 818852O Patriarca de Antioquia dos Maronitas, Béchara Boutros Raï, renovou neste domingo, 10, o apelo à comunidade internacional para que coloque fim às violências perpetradas pelo Estado Islâmico contra os cristãos no Iraque. De fato, são pelo menos 150 mil os cristãos iraquianos - junto à minoria dos Yazidi -, a abandonar suas casas pelos jihadistas liderados por Abu Bakr al-Baghdadi.

Na homilia dominical proferida na residência de verão em Dimane, o Cardeal Raï pediu novamente uma intervenção imediata à Liga Árabe, às Nações Unidas e à Corte Penal Internacional para deter a tragédia, punir os culpados por crimes contra a humanidade e permitir o retorno em segurança dos cristãos às suas cidades e habitações. O purpurado exortou, além disto, todas as comunidades libanesas para acolherem os refugiados, que encontraram refúgio no Líbano, fornecendo-lhes um teto e comida.

O apelo do Patriarca de Antioquia chega poucos dias após a dura denúncia dos bispos e Patriarcas orientais reunidos na última quarta-feira na sua assembléia mensal, quando denunciaram a inércia das Nações Unidas, dos países árabes e dos países ocidentais, diante da tragédia em andamento em todo o Oriente Médio.

Na declaração ao final do encontro, os prelados libaneses acusaram alguns países europeus de “agravar a situação ao encorajarem o êxodo dos cristãos do Oriente Médio, com o pretexto de protegê-los”. Um encorajamento estigmatizado com veemência.

Também na pauta da reunião do episcopado a persistente indefinição política no país - que ainda aguarda um novo presidente -, enquanto a estabilidade do País dos Cedros é ameaçada pelos islamitas presentes na fronteira com a Síria. (JE)


Fonte: Rádio Vaticano