Notícias

No México, jovens evangelizam outros jovens

mexicoUma quadra esportiva, um terreno baldio e lugares poucos frequentados se converteram em uma oportunidade para um grupo de jovens missionários do México, que responderam ao convite do Papa Francisco de sair às periferias, deixando suas paróquias para levar a Boa Nova e a alegria do Evangelho a outros jovens, que muitas vezes passam por situações de violência e necessidades extremas.

Esses são os jovens pertencentes ao movimento católico "Lithos Missionários", da Paróquia São João Batista, situada na colônia de São João de Iztapalapa. A juventude decidiu, por meio de seus esforços, mostrar aos que necessitam de amparo e atenção, o Cristo vivo, aquele "amigo que nunca falta".

view (22).jpg

No caso da colônia La Polvorilla, considerada uma área marginalizada da delegação de Iztapalapa, local onde tem chegado os missionários:

"Vamos com o intuito de ajudar, porque aquela gente necessita de muitas coisas. Há bastante violência e problemas com dependência de drogas. Compartilhamos com eles, os acompanhamos e realizamos atividades com as crianças, jovens e adultos para mostrar-lhes o Jesus vivo, fazendo com que tomem consciência de que podem mudar suas vidas", disse um dos jovens missionários, membros do grupo, em entrevista ao Sistema Informativo da Arquidiocese do México (SIAME).

O movimento "Lithos Missionário" nasceu durante a realização do Ano Internacional da Juventude, em 1985, como uma iniciativa proposta por dois sacerdotes em Texcoco, para incentivar os jovens na evangelização. Na área de Iztapalapa, a comunidade foi formada há 14 anos. (GPE/LMI)

Fonte: Gaudium Press