Notícias

No encontro com autoridades coreanas, Papa destaca a paz

papa autoridades-coreanasApós sua chegada à Base Aérea de Seul na noite de quarta-feira, 13 (22h30 em Brasília e 10h30 de hoje na Coreia), Papa Francisco iniciou suas atividades na Coreia do Sul com a cerimônia de boas vindas e o encontro privado com a presidente do país, Park Geun-hye. Em seguida, encontrou-se com as autoridades e representantes do corpo diplomático, ocasião em que pronunciou seu primeiro discurso em solo coreano, colocação que encorajou esforços pela justiça e paz.

Falando em inglês, Francisco agradeceu pelo acolhimento recebido e por todos os esforços para que a viagem fosse realizada. Mencionando a beatificação que ele presidirá dos 124 mártires coreanos, ele destacou a compreensão que a cultura coreana tem acerca da dignidade e sabedoria dos antigos.

“Nós, católicos, honramos os nossos antigos que sofreram o martírio pela fé, porque se prontificaram a dar a vida pela verdade em que acreditaram e de acordo com a qual procuraram viver. Ensinam-nos a viver plenamente para Deus e para o bem do próximo”.

Leia mais...

Ciclistas pedalam uma semana para venerar o Sangue de Cristo na Itália

reliquiasA Basílica de Santo André, em Mântua, norte da Itália, reliquias.jpgcustodia uma das relíquias mais preciosas da Igreja, dois vasos sagrados que segundo a tradição contêm o sangue de Cristo, levado a Mântua pelo centurião romano Longinos. A Basílica atual é uma reedificação renascentista de uma antiga igreja, e foi pensada essencialmente para acolher a multidão de peregrinos que iam a render culto à preciosíssima relíquia.

Peregrinos ciclistas, partiram no dia 07 de agosto da pequena cidade mais ao norte de Mântua, Calalzo, estiveram durante uma semana pedalando para venerar as relíquias: "Verdadeiramente -explica Mario Marchi, presidente da Associação promotor da iniciativa piedosa e esportiva- não inventamos nada: simplesmente seguimos os passos dos peregrinos medievais que de Carnia, do Cador e do Tirol desciam a Garda, e daí ao longo do Mincio até Mântua, para venerar suas relíquias. Hoje este percurso é uma mescla de oito faixas para ciclistas, um itinerário de Fé, natureza e cultura que atravessa o Vêneto, Alto Adige, Trentino e Lombardia".

Leia mais...

Cardeal Scherer celebra Missa pelos vocacionados

odiloOs religiosos e leigos de vida consagrada atuantes na Arquidiocese Odilo Sherer.jpgde São Paulo terão uma Santa Missa especial a ser celebrada neste sábado, dia 16, às 15h, pelo Cardeal Dom Odilo Pedro Scherer, na Catedral da Sé, no centro da capital.

A Eucaristica será realizada pelas comemorações do dia dos vocacionados de vida consagrada e religiosa, assim como celebrará a solenidade da Assunção de Nossa Senhora, festejada no dia anterior pela Igreja.

Em comunicado enviado às comunidades de vida consagrada religiosa na Arquidiocese, Dom Odilo solicita para que neste domingo seja destacado essa vocação, pois "o ‘dom de Deus' precisa ser colocado em evidência, para que seja conhecido, apreciado e valorizado pela comunidade dos fieis".

No sábado, acontecerá a reunião dos núcleos arquidiocesanos, no Mosteiro de São Bento, com a participação do bispo auxiliar de São Paulo e encarregado de acompanhar a Vida Consagrada Religiosa na Arquidiocese, Dom Júlio Endi Akamine.

"Contem com meu incentivo e oração. Deus ilumine e abençoe todos os participantes", disse o Cardeal Arcebispo. (LMI)

Da redação Gaudium Press, com informações Arquidiocese de São Paulo

 

Fonte: gaudiumpress.org

Papa pede à ONU intervir e por fim à violência no Iraque

“Ao renovar o meu apelo urgente à comunidade internacional para intervir e por fim à tragédia humanitária em andamento, encorajo todos os organismos competentes das Nações Unidas, especialmente os responsáveis pela segurança, a paz, o direito humanitário e a assistência aos refugiados, a prosseguirem seus esforços, em conformidade com o Preâmbulo e os artigos pertinentes da Carta das Nações Unidas.”


A voz do Papa Francisco chega a Nova York e estremece o Palácio de Vidro, sede da ONU. Mais um apelo do Santo Padre pelo fim do "sofrimento intolerável" dos cristãos no Iraque chega aos ouvidos de Ban Ki-moon, Secretário das Nações Unidas.

Leia mais...

Encontro da Pastoral Universitária acontece em Colatina (ES)

"Novos Tempos, Novos Sentidos": este será o tema do 6° Encontro Diocesano da Pastoral Universitária da Diocese de Colatina, no Espírito Santo, que terá como base para reflexões entre os participantes a exortação apostólica Evangelii Gaudium, "A Alegria do Evangelho", de autoria do Papa Francisco.

img.jpg

Em consonância com o Congresso Mundial de Universidades Católicas (CMUC), realizado em Belo Horizonte, em julho do ano passado, o evento acontecerá nos dias 30 e 31 de agosto, em Ibiraçu, no Estado capixaba, e contará com o apoio da Setor Universidades da CNBB, sendo assessorado pelo mestre em Teologia da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR), Fabrizio Zandonadi Catenassi.

Com início previsto para às 9h no sábado, com a "Lectio Divina", o encontro proporcionará palestras, debates, Via-Sacra Universitária e noite cultural.

No dia seguinte, haverá as oficinas temáticas, com temas relacionados a drogas, família e vocação, este último contemplado pela Igreja neste mês de agosto. (LMI)

 

Fonte: Da redação Gaudium Press, com informações Diocese de Colatina

Em nota, CNBB expressa pesar pelo falecimento de dom Armando Círio

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) divulgou nota de pesar pelo falecimento do bispo emérito de Cascavel (PR), dom Armando Círio, ocorrido ontem, 11 de agosto. No texto, são lembrados passos importantes de sua trajetória episcopal no Paraná, que durou 60 anos. A nota é assinada pelo bispo auxiliar de Brasília e secretário geral da CNBB, dom Leonardo Ulrich Steiner.

Leia na íntegra:

 

Nota de pesar pelo falecimento de dom Armando Cirio

“Eu sou a ressurreição e a vida.
Quem crê em mim, ainda que tenha morrido, viverá” (Jo 11,25).

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil - CNBB manifesta pesar pela morte de Dom Armando Cirio, Arcebispo Emérito de Cascavel (PR), ocorrida ontem, 11 de agosto. Natural de Calamandrana (Itália), Dom Armando chegou ao Brasil em 1947. Pertencia à Congregação dos Oblatos de São José (OSJ), com mais de 80 anos de vida religiosa.

Inspirado pelo lema “Arder e Iluminar”, Dom Armando dedicou sua trajetória episcopal ao Oeste do Paraná, onde permaneceu por 60 anos, no exercício do bispado, passando por cidades como Toledo (1960-1978) e Cascavel (1978-1995. Durante 16 anos, foi arcebispo de Cascavel.

Teve atuação no ensino e na produção literária, deixando legado em seus escritos e livros publicados, revelando sua disposição e ousadia intelectual e cultural para o trabalho em prol do Reino de Deus.

Confiamos que o Pai celestial, na sua infinita misericórdia, acolha este “servo fiel”, concedendo-lhe a recompensa eterna, reservada aos que, nesta vida, “souberam amar Cristo e seus irmãos”.

A Dom Mauro Aparecido Santos, à Arquidiocese de Cascavel e aos familiares e amigos de dom Armando, nossos sentimentos e a certeza de nossas preces.

Leonardo Ulrich Steiner
Bispo Auxiliar de Brasília
Secretário Geral da CNBB

 

Fonte: CNBB

Evangelho é traduzido para mais de 100 línguas indígenas no México

A Bíblia, o Novo Testamento e a Constituição EVANGELHO.jpgFederal foram traduzidos para mais de 100 línguas indígenas por uma organização étnica do México.

De acordo com o presidente da União Nacional de Tradutores Indígenas (UTI), Luis Eduardo Chávez Aquino, o trabalho de tradução demorou mais de cinco anos e no próximo dia 30 de agosto será entregue a tradução ao triqui.

A Bíblia foi traduzida em 10 línguas, enquanto que o Novo Testamento foi para 130, e a Constituição para 13. Os textos traduzidos foram exibidos no início deste mês no Centro de Convenções Monte Albán da Cidade de Oaxaca, onde foi realizado o primeiro Congresso Internacional da Tradução e Difusão das Sagradas Escrituras em Línguas Indígenas.

Leia mais...

Situação no Iraque: Papa alerta ONU e pede ação

Ainda antes do início da viagem do Papa Francisco à Coreia, o Vaticano divulgou, na manhã de ontem, uma carta endereçada a Ban KI Moon, Secretário-geral das Nações Unidas. Nela, o Pontífice trata da situação dramática na qual passa o Iraque onde, no norte do país, "nos últimos dias, os cristãos e as outras minorias religiosas foram obrigados a fugir de suas casas e assistir à destruição de seus lugares de culto e do patrimônio religioso".

Trazemos abaixo a integra da carta escrita pelo Papa:

"Com o coração apertado e angustiado, acompanhei os dramáticos acontecimentos dos últimos dias no norte do Iraque, onde os cristãos e as outras minorias religiosas foram obrigados a fugir de suas casas e assistir à destruição de seus lugares de culto e do patrimônio religioso.

Leia mais...

No TWITTER

No Facebook